Assisti: 3%

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Antes de mais nada, quero dizer que peguei um mês grátis da Netflix e tô vendo coisa que nem louca e minhas leituras tão tudo atrasada. haha
E uma das primeiras séries que fui ver foi, claro: 3%.
Para os desinformados trata-se uma produção nacional exclusivamente feita para a Netflix.
É uma série curta, tem só 8 episódios de 45 minutos cada.
Conta a história de um Brasil no futuro, onde tudo foi divido, apenas 3% da população escolhidos através do Processo, vão viver nos luxos do Maralto, que é uma ilha. Enquanto os outros 97% continuam a viver no continente.
Apenas os jovens de 20 anos têm a chance de participar do Processo e mudar completamente de vida. E só tem uma chance, senão viverão o resto da vida onde nasceram.
A história é focada em um grupo desse processo, que tem histórias diferentes, porém todas muito difíceis. Acho que o foco maior seria na Michele, Fernando, Joanna e o Rafael.
E claro que nem todos são honestos naquele lugar.
E essa temporada se passa justamente no Processo, acho que o 103º, se não me engano.
No começo a gente vai conhecendo as provas e vê o quão difícil é passar. Tem etapa de entrevista, prova de lógica, prova de dedução, coisas assim. E você fica tenso, especialmente no episódio 4, quem viu sabe. hahaha
Adorei também o foco que deram para contar as histórias dos principais. É ótimo saber sobre os passados e as razões deles.
E também tem o chefe do Processo, Ezequiel, cujo estão tentando tirar do cargo e claro que isso dá um rolo e muita merda. =D
Adorei a série, de verdade. Assisti de mente aberta e me apaixonei. A gente até começa odiando uns personagens, gostando de alguns e depois troca tudo.
Claro que não é uma super produção se for comparar com outras séries que tem na Netflix. Mas, temos bons cenários, boa caracterização e um roteiro foda.
É uma série super representativa, tem negros, tem asiáticos, tem gente com necessidade especial, E ela te coloca para pensar sobre alguns valores, sobre a vida. Coloca alguns valores morais em questão.
E claro, terminou deixando abertura para uma segunda temporada. Espero conhecer mais do Maralto.
Joanna e Rafael são meus favoritos. De longe!
Quem não viu, assista. Vale muito a pena!
Beijos!

2 comentários :

Tamara Mansur disse...

Oláá! Tudo bem?
Ahh, netflix é tudo de bom.. mas acaba com o resto da nossa vida, né? hahaha
tem muito seriado bom!! esse eu ainda não vi, mas tenho a maior curiosidade por ser do brasil e por ser uma distopia :D
parece ser realmente bom né.. acho que se eu começar a ver, não vou é conseguir parar por causa dessa tensões que falou haha
beeijo

https://lecaferouge.blogspot.com.br/

Gislaine Oliveira disse...

Oiii, Ane. Netflix é tudo de bom <3
Comecei com o mês grátis, mas nunca mais parei kkkkkk
Já assisti essa série e concordo com tudo que você disse. Estou no aguardo da segunda temporada.
Deu um orgulho, sabe? Pena que tem tanta gente que tem preconceito só por saber que é brasileira :(
Beijooos
http://profissao-escritor.blogspot.com.br/