Prince of Lan Ling

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Tinha um tempão que eu não falava de nenhum dorama aqui no blog.
Pois é, a pessoa aqui é escritora, leitora, otaku e também dorameira. haha
Não que eu tenha assistido muitos doramas na minha vida, os vejo desde 2008. Mas não é sobre isso hoje, obviamente.
Falarei sobre Prince Lan Ling ou Lan Ling Wang, que é o nome chinês.
Ele conta a história de dois reinos, Zhou e Qi, nunca época remota da China. Duas nações que são eternas rivais e vivem em guerra.
O primeiro episódio começa com um dos soldados de Qi indo visitar a Sacerdotisa Divina, na Vila da Montanha Branca, que é a avó de uma das protagonistas, para saber as previsões para os próximos dez anos.
Assim, ela fala que vai existir um guerreiro, o melhor de todos: O príncipe de Lan Ling.
Yang Xue Wu, neta dela (e a tal protagonista que citei), acaba escutando isso e acaba se encantando de certa forma com esse futuro guerreiro e a vontade de conhecê-lo passa a viver nela.
Passassem-se dez anos e todas as previsões da vó de Xue Wu são verdadeiras.
Gao Chang Gong, o Lan Ling, está em mais uma batalha próximo a Vila da Montanha Branca. Seu cavalo, Ta Xue (gente, até o nome do cavalo eu lembro), está machucado e dizem para ele levá-lo a umas águas termais que tem por perto, que também fica perto da Vila.
Chegando lá, ele e Xue Wu se encontram. O mais engraçado é que ela acha que ele é mulher nesse pedaço. Porque homens e mulheres nessa época tinha cabelos compridos e tinha o detalhe dele estar de costas e nem barba ter. (Mas prefiro ele sem, porque no final ele fica um com bigode ridículo.)
Ela entra para tomar banho com ele. (Fico sacaneando até hoje só porque ela falou "Moça Bonita".)
Então eles são atacados por um pequeno grupo de soldados de Zhou. Xue Wu acha que são um bando de pervertidos e Lan ling acaba com todos eles enquanto Xue Wu afoga um. haha
Depois de revelada a verdade, ele é homem, ela desmaia. (Sei lá o porquê.)
Quando acorda, eles conversam um pouco e ela descobre o motivo dele estar ali.
Chang Gong acaba indo para a vila com Xue Wu, pois ela disse que iria ajudá-lo a cuidar do cavalo.
Ela amarra o ferimento na pata do cavalo com a sua faixa, que segundo a tradição da vida, deve ser feita pelas moças. Então, na cerimônia, os futuros maridos tem as faixas amarradas em suas cinturas.
Lan Ling acha o que ela faz muito nobre e lhe dá um adereço para incrementar a faixa.
No dia seguinte, quando está indo embora, também acontecia a cerimônia.
Todas as outras moças amarram suas faixas nos futuros maridos. E a Xue Wu, pobre dela, ela sofre bullying naquele lugar, acaba ficando "sem um marido". Ninguém na vila gosta dela!
Então, o cavaleiro Lan Ling vai lá e a salva. (Esses coisas emocionantes que me matam em doramas.)
A partir dai vai se desenrolando. São 46 episódios, o que eu contei não devem dar nem dois.
Acontecem muitas batalhas, eles se casam, rola muitas tretas em ambos os reinos. Acontece muita coisa mesmo!
E o final... Ai, o final. Gostei muito dele, mas eu fiquei meio triste! Não vou contar, senão será spoiler.
É um dorama excelente! Pela história, pelos personagens e seus atores, por tudo.
Quem gosta de um bom dorama épico, com ação e muito romance é um boa pedida!
(Deixa eu ir lá sofrer mais um pouco, ainda mais pelo final regado a Katanagatari.)

2 comentários :

Francine Porfirio disse...

Ane-linda!
Amo doramas também! O último que assisti foi The Flower Boy Next Door e adorei. É meio parado, mas romântico.
Sabe que nunca assisti a um dorama histórico? Somente filmes mesmo. E curti bastante a sua recomendação! (rs) Parece ser muito bom.

Ah, você viu que já adicionei a sua logo entre os blogs parceiros? (rs)

Beijos, linda!
http://www.myqueenside.blogspot.com

gih disse...

Oiii Ane. tudo bem? hahhaha, também adoro um drama, mas n conhecia esse. adorei a forma como você apresentou ele. Ri muito aqui, hehehehhe, gostei dessa dica. beijão
ps: sim, tinha sido o polegar :( , mas já estou praticamente normal, só uma dor de nada agora, heheh
http://profissao-escritor.blogspot.com.br/