The Sun always rises!

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Escutei uma frase em inglês assim: The Sun always rises. (Tradução: O sol sempre nasce.)
Admito que a uma das falas da Leona do League of legends. (Obrigada Leona!)
O que ela diz é verdade, todos os dias o sol aparece, disso não se há dúvidas.
Mas... Eu parei para refletir um pouco sobre além desse "sentido literal". Sei que viajo demais!

O sol nasce todos os dias, cerimonialmente, mostrando que mais um dia começou. 
Um novo dia é uma nova oportunidade para poder fazer diferente e melhor.
Se o seu dia foi ruim, não se preocupe! Descanse e espere que outro virá e você terá um dia melhor.
Mas sem essa de viver um dia de cada vez, a vida é feita por todos estes dias em que sóis nascem, em conjunto. É tudo uma coisa só, porém com várias etapas.
Se uma não for passada ou concluída, tem como se tentar de novo, em outra hora.
O sol sempre nasce para que percebamos que as oportunidades não acabam nunca.

Sinceridade

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013
Não tem como evitar: Eu sou sincera!
Tudo o que eu falo, penso e mostro é puro e simples da mesma forma que eu sou.
Não consigo mudar o que digo para ser entendido de outro jeito, o que eu digo é o que eu digo.
Também sou sincera com minhas opiniões e meus sentimentos.
Quando não gosto de uma pessoa ou de algo, dá logo para perceber, não escondo.
E quando sinto também é verdade, amo mesmo e odeio mesmo.
Melhor assim do que ficar fingindo! Ser sincera, simples e prática.

Escritor escreve o tempo todo?

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013


Será que um escritor passar todas as horas possíveis fazendo o que ela faz de melhor: escrever?
Mesmo sendo escritor, ele ainda é uma pessoa normal e seu fluxo criativo também tem uns dias de problema. Aquele dia em que nada dá certo, até escrever.
Então, o escritor pode até dedicar horas de seus dias para trabalhar. Porém, tem dias em que hora nenhuma é usada para isso.
Então, não fiquem achando que eles devem escrever sempre. Sempre pode até ser, mas não é o que esse sempre quer dizer.

Ano novo, vida nova

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

E mais um ano se passou. Comemoramos mais um novo ano chegando.
Será que o ano que passou foi bom? Com certeza que sim e não ao mesmo tempo.
Nem tudo pode ser plenamente o melhor possível e o pior imaginado. É um meio-termo. Tropeçando e levantando. Pode não ter sido excelente, mas também não foi um horror.
Imaginemos o ano que passou com o fim de mais um capítulo da vida. No próximo capítulo podemos ter uma reviravolta. Basta apenas ser feito assim, por nós.
Um novo capítulo, um novo começo, um novo ano, novas oportunidades. Todas as coisas novas!

Primeiro post do ano! FELIZ 2013!