White Album

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Mais um da série: Anime desconhecidos.
Pra ser sincera, eu só assisti esse anime(pelo menos a 1º temporada) por causa que duas das minhas seiyuus preferidas estavam juntas: Nana Mizuki e Aya Hirano.
E era a primeira delas trabalhando juntas, depois veio o trabalho do Saint Seiya: The Lost Canvas.
Foi baseado em um game e visual novel, que virou mangá e em seguida anime.
Ele conta mais ou menos como é a vida de um idol. Não sei se vocês sabem, mas idols sofrem, por causa de alguns fãs malucos.
O anime se passa na década de 80, ano 1986.
Um universitário que namora um idol em ascensão e passa por muitos problemas em sua relação por culpa da fama. Ele inclusive trai a namorada! (Spoiler!)
Como ele é um anime que tem mais drama e a história enrolada ou com muitas voltas, ele é meio parado. Parece até drama. Mas quem é menina e gosta de ver um drama e uma história legal, recomendo.
(Eu nem lembro muito desse anime, tem tempo que eu vi.)
Vale a pena também ver o trabalho da Nana e Aya nesse anime.

Dimitri e Sabrí

domingo, 29 de abril de 2012


Esse é o meu casal de Mago Belo. E como manda o meu clichê, primeiro eles são só amigos e depois que surge o amor.
Dia desses, entediada, escrevi um trechinho deles. Só que é bem lá pro futuro, perto do final da história.
Então, não se preocupem com isso ok?


Perto da luta com o rei mágico malvado, Dimitri decidiu finalmente revelar o seu amor por Sabrí.
Eles estavam andando num bosque perto do acampamento. Sabrí quebrou o silêncio:
-Então Dimitri, está preparado para sua luta?
-Claro que sim! Eu treinei pra isso.
-Eu só espero que termine tudo bem.
-O mesmo que eu, Sabrí.
Ficou um breve silêncio e Dimitri prosseguiu:
-Mas, eu não quero pensar nisso por enquanto.
-Não deve fazer isso, mantenha o foco.
-Quero pensar em tudo o que aconteceu desde que cheguei aqui, tudo o que mudou e me levou até este momento.
Dimitri não estava conseguindo falar o que realmente queria. O tempo os surpreendeu com uma chuva.
-Aí, não. Está chovendo! Temos que voltar Dimitri.
-Espera, Sabrí! - disse cobrindo-os com uma barreira de água, aquela que Mark ensinara - Se eu não falar isso, eu não sei se poderei mais.
-O quê, Dimitri?
-Uma coisa que está aqui, em mim. É sobre você, Sabrí.
-O que fiz?
-Você fez tudo! Tudo para me conquistar.
-Dimitri…
-Eu te amo, Sabrí.
Enquanto isso, a chuva apertou. Dimitri continuou:
-Eu não podia enfrentar meu destino sem te falar o que sinto.
-Dimitri… - disse chorando
-Não! Esse não é meu nome.
-Eu sei seu nome, seu nome é Mago Belo. E eu também te amo!
Então, eles se beijaram e se molharam, pois Dimitri esqueceu de manter a barreira.
-Olha o que fez, nos molhou todos.
-Não podia perder esse beijo na chuva. - Dimitri refez a barreira - Agora, vamos voltar ao acampamento, senhorita.
-Senhora. Senhora Yaburano.
-Eu gosto do seu sobrenome, Sabrí. Não precisa trocá-lo.
E eles voltaram ao acampamento, abraçados.

Ficou muito lindo, não é?

Seiyuu World

segunda-feira, 23 de abril de 2012


Propaganda hoje!
Como sabem, eu sou apaixonada por dublagem e pela cultura japonesa. Principalmente música!
Há poucos dias foi aberto o Seiyuu World.
E eu fui convidada a fazer parte da equipe. Posso dizer que fiquei muito feliz com isso.
Um blog que fala apenas sobre seiyuus e sobre no que trabalham: Anime.
Um blog bem otaku mesmo.
Pra quem curte que nem eu (ou só quiser me ver lá!), serão bem-vindos.
Lá vocês podem ver os trabalhos e a beleza deles também. (risos)
Acessem Seiyuu World.

Hua Mulan

terça-feira, 17 de abril de 2012

Live action que conta a real história de Hua Mulan.
Estava com vontade de ver esse filme há tempos. Mas foi só ontem que eu vi.
Primeiro porque eu enrolo e segundo, só tinha download por torrent e tem pouco tempo que aprendi a fazer download por esse sistema.
O filme tem quase umas 2 horas, mas são duas horas que valem a pena ser gastas.
É um filme lindo, com uma linda mensagem.
Ele começa com a história semelhante a Mulan da Disney. Mostra um país em guerra com os Rourans(ao invés de Unos) e a China está perdendo muitos soldados.
Vão a cidade natal de Mulan para convocação, assim como no filme da Disney.
Do mesmo jeito o pai dela está doente e em casa são só ela e o pai. O pai a ensinou a lutar Kung Fu. (Já imaginem como é a garota...)
Ela foge de casa para o acampamento e acaba encontrando seu amigo(da mesma cidade) e ele a ajuda, mantendo o segredo de ela ser uma mulher. E conhece mais muitos homens. (Oh really?)
Em uma noite, ela pede a Xiahou, o amigo dela, para dizer onde é a fonte quente e vai se banhar. Mas acaba encontrando com um dos que conheceu: Wentai.
Tem uma breve luta nessa parte, com Mulan tentando não ser descoberta, mas Wentai percebe que é uma mulher, ele só não sabe quem é.
Só que acontece que tem príncipe(eu acho) com eles. E "roubaram" o pendante dele.(Acho que é a placa que eles carregam no corpo pra serem identificados quando morrem) Mas, foi o Xiahou jogo no lago.
Foram na cabana pra achar o culpado e mandaram todos tirarem a roupa. Mulan, por medo se acusa e vai ser executada no dia seguinte. No momento em que a levam, Wentai vê o machucado da briga deles na noite anterior. E descobre le segredo.
Enquanto Mulan está presa, Wentai vai visitá-la e ela conta toda a história pra ele. E pede pra falar para seu pai que ela morreu em combate.
No dia seguinte, a base/acampamento é invadida por Rourans. O amigo tenta ajudá-la a fugir durante a confusão. Mas Mulan entra na batalha e mata o General(que é o líder) e faz o resto recuar. Assim esquecem da sua execução.
Alguns anos se passam, mesmo com a ideia não tão clara disso. Mas deu pra perceber.
Mulan e Wentai se tornam generais do 6º batalhão do exercito de Wei(do imperador).
Mulan como mulher é muito sentimental e sempre sofre no fim de cada batalha pelos mortos.
Por egoísmo dela, por ter ido atrás do Wentai quando pediu-a para ficar recuada, o resto do grupo sofreu uma emboscada.
Ela ficou muito triste e ressentida. Wentai deixou-a ficar no acampamento e ele partiu pra outra batalha.
Ele se feriu, mas pediu a Xiaohu para falar a Mulan que ele morreu. Era um plano para endurecer seu coração.
Depois da suposta morte de Wentai, Mulan sofre(por ser apaixonada por ele) e cai na bebedeira. E o batalhão fica bem largado.
Xiahou toma uma atitude, arranca todos os "mortos" (aquelas placas são amarradas em frente a barraca do general) e dá uma chamada nela. Perguntando se ela estava alí pelos vivos ou pelos mortos.
Pronto, é o suficiente pra Mulan acordar e incentiva os seus soldados(irmãos). E ganha várias batalhas sem perder ninguém, e nisso se passam mais uns anos.
Ela é a melhor general(acho eu) e prepara um plano para emboscar o exercito dos Rourans.
Lutam com um primeiro exercito e vem uma tempestade de areia que eles chamaram de dragão venenoso.
Mulan é levada ao acampamento no canyon, reencontra com Wentai.
Mas o General supremo a trai e ela acaba ficando cercada, sem comida. E teve que matar os cavalos.Menos o seu, o Vento Negro. Por pouco ela não mata!
Wentai cuidou dela, que ficou com dois ferimentos de flecha, dando a ela seu sangue para beber.
Espírito de guerra é uma beleza!
Passado uns dias(ou horas, não sei), Mulan fica um pouco melhor. E avisam que um grupo foi emboscado pelo inimigo, perto do acampamento(Xiaohu está no meio). Eles assistem a morte daquele grupo e Wentai se oferece, ele é príncipe, para não atacarem os outros e deixarem os mantimentos.
Wentai vai para o acampamento do Danyu (Líder dos Rourans) como prisioneiro.
Dias depois e completamente curada, Mulan parte pra salvar Wentai. E não deixa ninguém segui-la.
Ela entra disfarçada e consegue falar com a Princesa Rouran e arma uma para matar o Danyu. Ele já havia matado o pai, o Danyu anterior, pelo poder.
Acaba tudo dando certo!
Mulan fala com o imperador e revela seu segredo, mas como já tinha feito tanta coisa, nem deu em nada.
Ela pediu pra voltar pra casa, já estava cansada dessa vida de guerra.
O imperador deixou-a ir. E foi muito bem recebida em sua cidade natal.
E encontra com o pai, bem mais velho, também, passaram 12 anos.
Ela volta a viver com o pai, como era antes dela ter fugido!
Um dia, o pai recebe uma visita, é Wentai.

Ele e Mulan saem para conversar. Ele fala para fugirem juntos, pois ele não queria se casar com a princesa Rouran. (Ela disse que casaria com um príncipe de Wei para acabar coma guerra.)
Nessa parte e o final do filme, Mulan e Wentai revelam seu amor um pelo outro. É tão lindo!
Mulan lembra Wentai sobre o que disse que faria para acabar coma guerra, daria a sua vida por isso.
Mulan abre mão de seu amor por ele e o deixa para casar com a princesa.
Eles se abraçam e Wentai vai embora.
Aí acaba o filme!

Eu contei o filme todo, spoilei total. Mas antes de vê-lo, já sabia que o final era assim.
Vale a pena ver pela história e também pelas cenas de luta, que eu não descrevi.
E tem alguns detalhes que com certeza deixe escapar e só vendo filme.
Eu o vi no idioma original que é Mandarim, legendado. (Sério?)
Impossível este filme ser dublado, aqui não se dá valor a essas coisas.
E este é mais um dos filmes que mostram que o oriente tem muito a oferecer.
E filme é uma dessas coisas!
Vale a pena ganhar duas horinhas com esse excelente filme.

Review Sing All Love

domingo, 15 de abril de 2012

Já que eu gostei muito de fazer a primeira. Estou fazendo uma segunda review de álbum. 
E dessa vez peguei o 3º álbum da Minorin, anterior ao D-Formation. O álbum Sing All Love.
Vou listar as tracks e vou dizer o que achei delas, igual antes.

1. 覚醒フィラメント (Akusei Firamento)
Primeira e abre o álbum muito bem. Um pop-rock muito legal de ouvir. Gosto muito dessa música.
2. Final Moratorium
Música promo do álbum. Muito marcante e bem rock. E o clipe dela é muito legal, com a Minorin num estacionamento e os lasers verdes. Adoro como essa música começa.
3. Tomorrow’s chance
Primeira single track do álbum, não me recordo se abertura de anime. É bem do estilo da Minorin, com uma presença de violino. Ela é bem pop, mas eu prefiro a junção violino + rock dela.
Tem clipe, mas ele é meio sem sentido. E com a Minorin isso é normal. E o lado "dark" dela ficou feio.
4. 書きかけのDestiny (Kaki Kakeno Destiny)
É um rock mais leve, não é balada, certeza. Aquele música que intercala uma agitada e outra. Foge um pouco do estilo dela, porque não tem violino nessa música.
5. 孤独の結晶 (Kodoku no Kesshou)
Começa bem calma e agita rápido. Lembra um pouco Aoi Kotou do álbum anterior, com aumento no refrão.  Acho essa música um pouco dark, até pela semelhança com Aoi Kotou.
6. Love Medicine*
Continuando o lado meio dark do álbum. Bem mais pop e com mais presença de violino que em Kodoku no Kesshou.
7. 雨音のベール (Amaoto no beru)
Entrando na parte mais balada e calma do álbum. Essa música é bem balada mesmo, dá pra perceber. Não sei porque, mas as balada tem tendências a ter um refrão mais agitado cortando aquela melodia lenta pra uma mais rápida e voltando a lenta.
8. tea for two
Mais uma balada. Eu gosto muito dessa música e até fiz um clipe com as Barbies pra ela, é só procurar no meu canal, ficou bem tosquinho, mas me diverti fazendo.
Pelo jeito dessa música acho que ela é mais romântica. Como não entendo muito japonês, não tenho certeza. E tem um ritmo e batida super legais.
9. PRECIOUS ONE
A outra single track do álbum, esse realmente tem poucas. É balada, bem marcante e de inverno. Já foi até meu ringtone, até lembro do celular quando escuto. E tem uns trechos com guitarra, o solo da música. E gosto muito do refrão dessa.
O clipe dela também é muito bonito e tem até algum sentido. Maioria dos clipes dela é só pra dizer que tem.
10. サクラピアス (Sakurapiasu)
Essa música tem mais presença de violino. É mais lenta, pra constratar com a seguinte. E pode sair um pouco de balada, ou seja,  meio termo.
11. Falling heaven’s now
Entrando na minha parte preferida do álbum. Mas eu nunca tenho a preferida nos álbuns da Minorin, eu já disse que isso é impossível. 
Bem mais pop e dark, com refrão marcante. Aquela músicas que colocam a gente no meio da sala ou com vontade de cantar com força. Principalmente o "subete falling heaven's now!"
12. Flame
Outro música que acho dark e mais rock que Falling Heaven's Now, sem fugir do lado pop e sem esquecer o violino. (A Minorin tem esse lado clássico em algumas) Com aquelas batidas a la Planet Patrol no fundo, que faz uma mistura excelente. A Elements Garden arrasa. Até lembre música de jogo.
13. Perfect energy
Esse é mais rock, estilo bem parecido com  Kaki Kakeno Destiny e já vai nos levando ao fim do álbum. Preparando-nos para a famosa balada de fim, bem a la Minori Chihara.
14. sing for you
Aquela música que fecha o álbum com chave de ouro, deve ser um música de amor, pelo nome dela. Tem uma unplugged version dela e é muito bonita. Digamos que é versão acústica, eu adoro essas coisas.
Ela encaixou perfeitamente com esse clima de final mesmo e pode ser tema de um casal em um filme por aí.

Espero que tenham gostado. Eu sou muito ruim com essas coisas.
É outro álbum excelente da Minorin, mas ele é inferior ao D-Formation. (Me dá uma dor dizer isso!)
Mas não deixa de ter suas qualidades, adoro a Minorin e tudo o que ela lança.

Amor: o tema mais clichê e desgastado do mundo?

quinta-feira, 12 de abril de 2012

E mais um sentimental hoje!
Não se preocupem eu não vou tentar explicar, esse sentimento não se explica, apenas se sente.
Amor não precisar ser necessariamente para um outro alguém com quem você quer passar o resto dos seus dias, ou seja, a um enamorado seu. É também pela sua família, amigos e até algumas coisas(no meu caso, Animes entram nessa lista). 
Claro que esses tipos se distinguem entre si. Mas, dá pra ver como o amor já não é simples pelos seus vários tipos a pessoas diferentes.
Do mesmo jeito que é o mais bonito e perfeito sentimento, também é o mais desgastado.
Sabe por que?
As pessoas confundem muito as coisas e o amor é uma delas. Tudo bem, que as vezes "o amor" acaba com a gente. Amor entre aspas? Como assim?
Quando essas coisas acontecem será que era mesmo de verdade? Era pra ser aquilo mesmo?
Acho que não se pode amar uma pessoa plenamente, estou falando em relação a defeitos e manias dela. Sempre vai ter alguma coisa nela que vai te irritar, mas você vai aceitar. Amor é isso!
Mas o tema não é esse. Eu quero entrar em outro ponto. Voltando as desilusões amorosas...
Já perceberam como este tema é tratado em poesia, filmes e música?
Com toda a certeza esse é o tema que mais usam. Sempre tem alguém com esse tipo de sentimento, de tristeza por um amor perdido ou não correspondido.
É MUITO CLICHÊ PRA MIM!
Não estou dizendo que é ruim, falar de amor é bom. Mas, as temáticas são repetitivas, sabe?
Pode-se falar da mesma coisa, porém, de maneiras diferentes. Mas sempre falam da dor, do sofrimento. Difícil é falar do aprendizado que essas coisas nos dão, como tudo na vida.
Outro ponto e acho que faz o sofrimento aumenta e muito. É que as pessoas dizem "Eu te amo" muito atoa, sabe?
Mal conhece o outro e já ama? Gostar não cabe aí não?
Todos confundem muito as coisas, depois não reclama comigo, só isso.

Girls Bravo

terça-feira, 10 de abril de 2012

Da série: Animes desconhecidos!
Eu e essas raridades. Dessa vez é um anime bem echii e harém: Girls Bravo!
Girls Bravo conta a história de Yukanari, um menino de 16 anos que tem alergia a meninas. Ao ser tocado por uma, ele fica empolado e desmaia.
Ele tem uma amiga/vizinha dele. Numa manhã ela estava tomando banho na casa dele e Yukinari foi ao banheiro. Kirie(a amiga), de toalha e acaba jogando ele na banheira. (Ela vive batendo nos outros).
Yukanari acaba indo parar em uma outra dimensão. (Sim, através da banheira. E vai parar em outra.) Do outro lado ele encontra Miharu. O nome desse mundo é Seiren e 90% da população é do sexo feminino, então é muito difícil encontrar alguém. Quando Yukanari passeia com Miharu na cidade, ele é atacado pelas mulheres.
Miharu(de cabelo rosa na foto) tem um "desenho" na testa, isto indica que ela tem algo especial pra sua vida, ou melhor, um humano destinado pra ela. Será o Yukinari?
Quando Yukinari volta pra casa, Miharu vai com ele, pois queria  ficar com ele.
Mas, a irmã da Miharu(a encalhada) pede uma ajuda pra arrumar um marido e manda duas meninas pra isso.(primeiro uma, depois a outra)
Tem também o personagem que seria o oposto do Yukinari, o Fukuyama.
Ele é alérgico a meninos e um tarado que só. (Jeito de viado e muito engraçado)
Fukuyama vive dando em cima da Kirie, mas ele sempre toma um soco. Isso acontece em TODOS os episódios.
Também tem a irmã do Fukuyama, a Rina. Ela já gosta é do Yukinari.
Tem muita coisa no meio do anime e eu me esqueci por que motivo, todos no final vão pra Seiren e caem na porrada. (Principalmente a Kirie.)
Mais um anime de escola e com muitas meninas peitudas. Apenas "as mandadas" da irmã de Miharu e a Rina que não são.
Porém, é um anime engraçado. E com uma cena ótima: Fukuyama sendo enganado.
Seguinte, num episódio foram apara uma convenção de games. Fizeram um evento em que as meninas trabalham apresentando e o Yukinari virá Yukina. Uma competição que quem ganhasse saia com Yukina.
Vou deixar a cena do final abaixo. Não se preocupem, esse episódio não afeta o principal.(E eu ri demais nessa cena. Até voltei pra ver outra vez.)
Recomendo se quiserem se divertir!


Suzumiya Haruhi

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Este anime está na minha lista de preferidos. Sim, no plural mesmo.
Páreo duro entre ele e Saint Seiya. 
Pra mim, também é um anime revolucionário. Pois, foi o primeiro que eu vi legendado.
Lembro bem, vou em 2007. E eu me apaixonei pelo anime. E foi através dele(pelo menos das insert songs), que eu entrei nesse mundo da J-music e virei muito fã de Seiyuus. (Tudo bem que eu já ADORO dublagem, mas passei a me ligar na Japonesa também.) Principalmente da Aya Hirano e da Minorin Chihara, elas são a Haruhi e a Nagato no anime, respectivamente.
E como na época não estava adaptada nas legendas rápidas, eu sempre voltava quando o Koizumi falava, a legenda dele passava rápido demais.
E nesse anime está um dos meus "husbandos", que é o Kyon. 
Mas por que "um dos"? Porque eu tenho três, watashi wa hentai desu!
E eu acho o Kyon um dos personagens que mais identifica os adolescentes. Ele é tão entediado e nem aí que eu me identifique. Mas, eu não era nem tão assim no colégio.
Suzumiya Haruhi no Yuutsu(traduzindo: A melancolia de Suzumiya Haruhi) é contado não visão de Kyon quando ele conhece a menina mais esquisita que ele já viu. Ele acaba se aproximando dela por curiosidade e acaba descobrindo que Haruhi se assemelha a uma Deusa. Conforme ela está emocionalmente, o mundo pode entrar em colapso. E acaba descobrindo que existem seres que a circundam para observar suas ações. E eles são os "alienígenas, viajantes do tempo e espers" que Haruhi tanto procura.
E Haruhi cria um clube (por ideia do Kyon) chamado SOS Dan (Brigada SOS) com objetivo procurar os tais seres que citei acima.
Outra coisa que me identifica muito nesse anime, nessa história é porque ela não é baseada em mangá e sim em Light Novel. Resumindo, em livros.
E como sou escritora, aí já viu. 
Parei pra ler uns capítulos do 1º livro e é muito bom. O prólogo com o papai noel é o melhor. Olha só:
Quando eu deixei de acreditar no Papai Noel? Na verdade, esse tipo de questão tola nunca teve um significado real pra mim. Contudo, se você fosse me perguntar quando deixei de acreditar que o homem velho vestindo a fantasia vermelha era Papai Noel, eu posso dizer confiantemente: eu nunca acreditei nele, nunca. Eu sabia que o Papai Noel que aparecera na minha festa de natal na pré-escola era uma fraude, e agora quando penso sobre isso, todos os meus colegas dividiram o mesmo olhar de descrença vendo nosso professor fingindo ser o Papai Noel. Embora eu nunca tenha visto minha mãe beijar o Papai Noel, eu já era esperto o suficiente para suspeitar da existência de um homem velho que só trabalha na véspera de natal.
Por isso que amo o Kyon!
Recomendo esse anime pra todos! Mesmo ele tendo uma rotina escolar, tem uma história fascinante.
Na segunda temporada se quiserem pular o ENDLESS EIGHT fiquem à vontade. Não vão ficar perdendo.
E o filme? Deuses! Que filme é aquele?
As duas temporadas do anime tem 14 episódios cada. E o filme umas duas horas.
Vale a pena assistir!

As aventuras de Jimmy Wayn

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Hoje nos falar sobre a minha 4º história: As aventuras de Jimmy Wayn. Ou vulgarmente: JV.
(Aproveitando que a acabei o 2º livro essa semana...)
E a ideia surgiu da minha vida na escola. Como disse no vídeo para o Contos Anê. A Manada Team realmente existe, ou seja, todos os membros dela também. Fora eles, todos os outros personagens são inventados. Bem, Jimmy é mais uma série mesmo.
Pra vocês verem como eu sou nojenta e me aproveito da realidade. O outros meninos zoavam muito o Jimmy por ele ser virgem. Se ele era mesmo, eu não sei!
Assim surgiu a ideia para o 1º livro da série. O menino que quer perder sua virgindade e com a garota mais bonita da sala, mas ele mal sabe que gosta mesmo é da amiga de infância.
O 2º livro, que eu terminei no último dia 3, se passa logo em seguida do final do primeiro. E Jimmy tem que defender a sua namorada de um garanhão e safado do colégio e pra isso, até se mete em briga.
O Jimmy é um dos meus livros menos mágicos, as coisas são mais cotidianos. Com exceção dos sonhos em que o Jimmy é um soldado de Afrodite.
(Calma, eu não acabei com a deusa do Percy Jackson).
É legal ver como o Jimmy é um menino fofo e faz de tudo por seus amigos e o amor. E ele é correspondido. (Meus meninos parecem personagens de Shoujo).
E uma coisa muito divertida do Jimmy Wayn é escrever como o sexo oposto, eu acho essa experiência muito divertida. Sério!
Contar os dias dele na escola, o que fazem me lembrar dos meus.

Dear Friends

quarta-feira, 4 de abril de 2012

E já abrangi até os filmes para o lado do oriente.
Vou falar sobre este filme Japonês hoje: Dear Friends.
Pra começar, eu vou dizer que é um filme muito triste. Daqueles de fazer você chorar com ele todo.
Mas eu não sou uma pessoa que chora assistindo filmes/animes. 
Eu sei! Sou uma menina muito fria!
O filme conta a história de duas colegiais que eram amigas na infância, mas o tempo fez com que elas perdessem essa amizade.
Uma delas se tornou uma garota que só gosta de sair e ir para festas. Tanto que ela é "a rainha da boate". (E nem dança lá essas coisas. Só que o cabelo dela é lindo demais.) O nome dela é Rina.
E a outra, Maki, é uma aluna mais comportada e certinha.
E aí aparece o pior clichê de dramas orientais: o câncer. Sempre tem um personagem com câncer.
Um dia, Rina desmaia e descobre que tem câncer na Laringe. Então ela acaba internada no hospital. (A cena que o cabelão dela cai é bem forte!)
Lá ela conhece uma menina que vive no hospital praticamente, se não me engano ela tem leucemia. E está lutando por sua vida. (Não vou spoilar.)
A única pessoa que visita Rina no hospital é a Maki. E como a Rina tem memória curta, ela não lembra que elas se conhecem e foram amigas. Maki tem uma caixinha de música que Rina deu a ela.
O câncer de Rina melhora, mas surge outro na mama dela. O que ocasiona a perda total do seio dela.
E a Maki também tem uma doença, que vai atrofiando os músculos e ela vai perdendo os movimentos.
É legal como o filme termina apesar de ser muito triste!
E não vou contar o final, senão perde a graça.
Vale a pena sentar e assistir a esse filme. Ele mostra até onde vai a amizade!

Mago Belo

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Vou falar um pouco sobre meu 2º livro/história: Mago Belo.
Dimitri era um garoto normal de 15 anos. Ia a escola, tinha seus amigos e família, etc.
Até que um dia, ele voltava pra casa durante uma forte chuva (Sim, estava pedindo pra acontecer alguma coisa), de repente Dimitri é atingido por um raio e troca de dimensão. Ele passa da dimensão humana para a mágica.
Ele acordar tonto e vê uma menina muito bonita, que é a Sabrí (tipo Sabrina).
Ela que o ajuda neste novo lugar, apresentando-o a ele e explicando tudo. 
E foi ela quem chamou Dimitri de Mago Belo. O nome é culpa da Sabrí.
Dimitri não tem como voltar pra casa, mas ele descobre muita coisa sobre si mesmo. Sobre ser um Mago, por exemplo, ser um grande elemental(que domina os 4 elementos) e sobre a sua família mágica.
É um livro que começa com um objetivo bem simples: Querer voltar pra casa.
Mas ele toma um rumo muito maior que é sobre a verdade da vida de Dimitri e sua missão quanto ao mundo mágico.
Tem algo pra acontecer, mas não se sabe o quê. Mago Belo tem que estar a postos e pronto pra batalha.
Eu gosto muito de ver como o Dimitri aprende e evolui como mago. Ele não tinha a mínima noção de seus poderes e tem que aprender tudo o que os "normais" levam a infância inteira.
Mas por sorte(ou necessidade), ele é bem dotado e teve experiências mágicas inconscientes durante a infância. Então, ele não é completamente leigo.
Eu também já brinquei de Mago Belo e é era muito divertido. Era o mesmo esquema do que com As Super Agentes. (Exceção dos canos da piscina).
Espero que ele consiga cumprir essa míssão dele. 
"GRIMORIUS DIMITRI!".