Battle Programer Shirase

sábado, 31 de março de 2012

Da série: Animes desconhecidos!
Apesar de eu não ter visto muitos animes, (Bem, pelo menos eu acho isso) eu já vi uns assim: Que anime é esse? Ninguém conhece!
Battle Programer Shirase entra nessa minha lista.
Um anime minusculo com apenas 4 episódios, mas todos são muito engraçados.
Shirase, o protagonista (e da foto) é um cara com seus 30 anos. Ele vive trancado em casa com seus computadores. Tem essa cara de largado, mas é um super programador (e faz seus serviços de hacker).
Ele vive praticamante junto da irmã e a sobrinha, que passa em sua casa todo dia para fazer comida pra ele.
Shirase é muito conhecido por seu trabalho com computação. E sempre o contratram para serviços, porém, seu pagamento é através de algum artigo de seu interesse. Em um episódio, ele ganha aquela traveseiro com uma personagem de anime desenhada nele.
E sempre que a tal pessoa vai a casa dele para encontrá-lo (em TODOS os episódios) acontece magicamente dele estar em uma posição tensa com a sobrinha. E realmente, é muito sem querer, Shirase não é pedófilo. 
A reação de quem entra (e as falas exatamente iguais) é muito engraçada.
Pra vocês verem como o Shirase é...
No primeiro episódio, ele vai batalhando com um hacker usando um celular e pelos números que aparecem na tela, ele sabe que seu inimigo está com raiva. Cara, só anime mesmo!
Não vou contar mais, senão perde a graça.
Assistam! Eu recomendo!

A Usurpadora

quinta-feira, 29 de março de 2012

O que não falar dessa novela? Na minha opinião, é a melhor novela de todas! 
Eu, como a noveleira que sou (pelo menos um pouco), estou acompanhando uma reprise na TLN. Que aquele que só passa novela mexicana.
Conta a história de duas irmãs gêmeas, que não sabiam quem eram.
Tem a gêmea boa que é a Paulina e a gêmea má que é a Paola.
Paulina trabalhava como atendente de toilette em clube perto de onde morava. Era bem pobre, simples e humilde.
Paola casada com um homem rico (Fernando Colunga, le gostoso)  e rica, gostava muito de viajar e aproveitar a vida (Sim, no 2º sentido).
O destino, ou melhor, a autora da novela, fez elas se encontrarem no clube onde Paulina trabalhava. Paola primeiro testa se realmente não percebem a troca entre elas. O testado é o amigo dela, Luciano. Ele não percebe a troca, é claro!
Então, Paola Bracho tem a ideia de pedir para Paulina ir a casa da família Bracho se passar por ela durante 1 ano. Mas Paulina não queria isso, pois sua mãe estava doente e precisava cuidar dela.
Porém, a mãe de Paulina acaba morrendo. 
Paola inventa um plano para colocar uma pulseira que ganhou, presente de um milionário que conheceu naquela viagem, na bolsa de Paulina e simular um roubo.
Ela consegue! E suborna Paulina a usurpar seu lugar para não acabar na cadeia.
E assim é feito! Paola treina Paulina e ela parte para a casa dos Bracho.
A história se desenrola daí e como novela mexicana que se preze, tem as suas reviravoltas.
Muito cativante e te prende. Tanto a história quanto os personagens.
E foi a novela que revelou Gabriela Spanic, que faz as irmãs, como atriz.
E tem uma ironia nisso tudo, Gabriela também é gêmea! Se não me engano o nome da irmã é Daniela Spanic.
E hoje descobri que fizeram tipo um OVA, um capítulo extra, que passa pouco depois do final da novela. (É só jogar na wikipédia.)
Bem, vou continuar acompanhando a novela, pois ela é muito boa e merece.
Paola Bracho, a maior vilã de todas! (A briga é feia entre ela e a Nazaré. Mas ninguém supera a Paola.)

Review D-Formation

domingo, 25 de março de 2012

Minha primeira review de álbum será sobre o qual mais esperei desde Janeiro: D-Formation da Minori Chihara.
Eu não entendo muito de como fazer isso, então me perdoem pela "noobisse".
Vou ir listando as tracks e falando o que eu achei delas.

1. D-Formation
Música intro do álbum. É bem rápida, só pra nos colocar dentro do CD. E conseguiram fazer uma conexão excelente entre ela e a seguinte. Quando eu ouvi da primeira vez, nem percebi a troca das músicas. E também a Minorin chamava a próxima falando: Dream Wonder Formation.
É remixada com estilo da Hatsune Miku, pelo menos a voz da Minorin, tanto que uma parte dá até pra confundir.
2. Dream Wonder Formation
Foi a primeira música do álbum que eu ouvi. Claro, ela é a música promo. Na preview eu a ouvia umas 3 vezes, no mínimo.
É meio Pop-rock, eu acho! Mistura a batida com a guitarra. E o PV dessa música é ótimo. Lindo!
Só não digo que é minha preferida do álbum porque com a Minorin isso é impossível!
3. 嘘ツキParADox (Uso Tsuki ParADox)
Música mais lenta e menos rock. Não diria que é balada. Ainda dá pra escutar bem a guitarra. Música legal de escutar. É pra relaxar um pouco entre uma agitada e outra.
4. Metamorphosing Door
Dançante e uma delícia de escutar. Tem uma batidinha super legal, que dá até vontade de rebolar. (risos)
5. Planet Patrol
Primeira single track que aparece no álbum. Um eletro-pop bem legal. E particularmente, acho o "solo" dessa música uma bagunça, no bom sentido. Foi tudo muito bem combinado.
6. KEY FOR LIFE
Mais uma single track. Daquelas bem animadas e pop-rock. Tem um lado Happy. É legal de escutar.
7. この世界のモノでこの世界の者でない (kono sekai no mono dekono sekai no mono denai)
Regra em álbuns da Minorin: Sempre terá uma música com um nome gigante. No caso do D-Formation é essa! Lembra um pouco Dears ~Yuruyakana no Kiseki~.  E bem do estilo da Minorin.
8. X-DAY
A primeira vez que escutei essa música, o que veio a minha cabeça foi Yuki, Muon, Madobe, Nite. O jeito que a música foi mixada com a voz da Minorin falando, lembrou-me totalmente (e parece que ela fez a voz da Nagato Yuki). Até a batida lembra um pouco. É bem dançante e não resisto quando toca.
9. Defection
Outra single track. Pra mim é a melhor música de 2011. É bem do estilo da Minorin, com presença dos solos de violino, as batidas com ele. Uma música bem séria e bem animada e pop. E também tem seu lado dark e diva.
10. 暁月夜(あかつきづくよ) (akatsuki tsukiyo ( akatsukidukuyo ) )
Mais uma música com muito violino nele e solos lindos. Começa lenta, agita e termina lenta. E com a presença das batidas combinadas parecidas com as de Planet Patrol. Uma música bem agitada. E com uma segunda regra de albúns da Minorin: Música de 6 minutos.
11. TERMINATED
Single track e abertura de um anime que eu me esqueci o nome. Música bem séria e dark. Eu gosto muito dessa música. Tem realmente um tom de abertura mesmo. (É porque tem música de Seiyuu que eu não consigo escutar como abertura, tipo Paradise Lost).
12. アイノウタ (Ai no uta)
Música agitada e bem gostosa de ouvir. E mais um pop-rock. Parte das baladas do fim de álbum. E como todas as músicas da Minorin fazem comigo, tem a parte marcante. Nessa, eu gosto de ficar cantando o "Arigatou. Sayonara. Sayonara. Arigatou. Suki dayo. Daisuki. Ai no uta."
13. 夢のmirage (Yume no mirage)
Só não digo que é famosa balada que fecha o álbum, porque é a penúltima música. Eu acho que ela tinha que ser a última música. Ela tem um clima tão "fim de álbum". Mas ela tem a mesma função de Contact 13th, Everlasting... e Sing for you. Com certeza, Minorin fará uma "unplugged version" dela.
Uma música pra relaxar, apesar dela agitar no refrão (e isso é padrão).
14.Freedom Dreamer
Single track e entre elas é que eu menos gosto. E essa tinha que ser trocado de posição com Yume no mirage.
Tem a presença do violino como é normal com as músicas da Minorin. Também puxa mais pro lado rock, por conta de ter muita guitarra. E pelo nome dá um sensação de liberdade. É uma música pra ficar pulando em show.

Bem, essa foi a review. Espero que tenham gostado. Eu não uma mestre em estilo musical, eu só sei apreciar como uma mera leiga.
Quem se interessou em ouvir o álbum, é só procurar.
Tenho certeza que não se arrependerão.
Esse álbum pra mim é um orgasmo de tão bom!

Palavrões

quinta-feira, 22 de março de 2012
Uma coisa é fato: Palavrões fazem parte da nossa vida!
Mesmo que você diga que não fala palavrão nunca, espere o seu dedinho bater na quina do móvel pra ver o acontece. Nem que seja um "merda!". Você vai xingar!
Eu admito que xingo bastante, mas bem menos que muitas outras pessoas.
Esse tema me chegou a cabeça(e ao teclado) porque eu estava jogando com o meu namorado League of Legends (vulgo LOL) e estava com muita raiva. SEMPRE!
Enfim, com raiva eu xingo. E tinha um amigo dele que reclamou e pediu pra não xingar, pois ele estava na caixa de som. (Usando Skype)
E depois foi meu namorado quem me chamou atenção, dizendo que era feio.
Digo-lhes duas coisas:
1 º -> Eu já fiquei tendo que aturar eles falando, também na caixa de som.
2º -> Meu namorado também xinga horrores. Mais do que eu!
Isso é mais uma mostra de mundo machista. Mulher não pode fazer nada.
Eu tenho boca pra falar e posso me rebaixar com uns palavrões de vem em quando.
Mas eu sei me controlar!
Então, palavrões com uso moderado não faz mal a ninguém.
É bom pra poder descarregar a raiva, a dor, entre outras coisas.
(E um vídeo pra completar a ideia sobre o tema).

Meu primeiro anime: Sailor Moon

terça-feira, 20 de março de 2012
Desde que eu me entendo por Anelise, eu sou otaku.
E eu considero o meu 1º anime Sailor Moon. Eu falei isso lá no meu Anime Challenge.
Se quiserem ver os outros dias... Clique aqui.
E desde que eu me entendo como Anelise, eu assistia Sailor Moon(e Dragon Ball).
E foi essa história que inspirou a eu começar com a minhas. (Leia a post sobre As Super Agentes).
Gosto/Gostava muito de ver Serena e suas amigas lutando contra os vilões.  Apesar de ser bem clichê!
E como eu tenho uma memória ótima para coisas inúteis, desse anime lembro bastantes coisas.
E inclusive, tenho uma fita com uns episódios perdidos pra poder matar a saudade.
Pra vocês verem como eu lembro das coisas...
Por acaso, vocês sabem que é a Sailor da Terra??
Seus pensamentos: E tem isso? Quando essa Sailor surgiu?
Na verdade, não é Sailor, é guardião. Tudo bem que elas também podem ser consideradas isso.
Mas quem protege a Terra no anime é o Darien, ou melhor, o Tuxedo Mask.
(E viva meu conhecimento inútil!)
E acho todas as Sailors lindaa, principalmente a Plutão.
Mas ela foi injustiçada, ela é a única que é negra/preta e plutão foi retirado do sistema solar.
Eu já falei sobre essa minha indignação no meu vídeo dos Animes da infância.
Enfim, Sailor Moon estará sempre no meu coração, sendo especial e completando As Super Agentes.

Parabéns, Nii-san!

segunda-feira, 19 de março de 2012
Hoje é aniversário do meu irmão!
Tudo de bom pra você!
Que continue sendo essa pessoa que você é e que eu tanto amo!
OMEDETOU GOZAIMASU, NEE-SAN! 

Let's Learn Japanese?

sábado, 17 de março de 2012

Não reparem a foto aleatória!
Como toda otome que se preze, os animes me ensinam um básico de Japonês. E decidi passar o meu humilde conhecimento a frente.
São algumas expressões básicas, mas que sinceramente ficam bem mais legais do que misturar com inglês. Eu prefiro minha fala nipo-brasileira. Essa foi boa!
Vou colocar em Romaji, que é maneira com as nossas letras. Então, sem Kanji, Hiragana e Katakana.
E na seguinte ordem: 1° cumprimentos/expressões, 2° alguns xingamentos e 3° palavras aleatórias.
Cumprimentos:
Ohayou / Ohayou gozaimasu: Bom dia!
Konnichiwa: Boa tarde! / Olá!
Kombawa: Boa noite! (Quando está chegando)
Oyasumi: Boa noite! (Quando está indo embora)
Arigatou / Domo: Obrigado!
Domo arigatou / Arigatou gozaimasu: Muito obrigado!
Hajimemashite: Prazer em te conhecer!
Hontou nii?: É verdade? / É mesmo?
Nani? / Nanto? / Nante?: O que? / Quê?
Summimasen: Com licença!
Ja ne / Sayonara : Tchau! / Adeus! /Até logo!
Alguns xingamentos:
Kuso: Droga / Merda
Baka: Idiota / Burro
Hentai: Pervertido
Palavras aleatórias:
Yuki: Neve
Yuuki: Coragem
Hikari: Luz
Tsuki: Lua
Ai: Amor
Hito: Pessoa
Kujira: Baleia (Essa é podre!)
Watashi / Boku: Eu (Tem diferença de uso se for homem ou mulher.)
Bem, é isso que eu sei!
Espero que Ane-sensei tenha dado uma boa aula pra vocês!

Meus trocadilhos!

terça-feira, 13 de março de 2012
Umas da minhas pérolas de escritora. Escritor também monta seus "erros". Mas, por sorte, temos a licença poética ao nosso lado e como fuga. (Ou desculpa?)
Mas devemos saber usá-la com moderação. Caso contrário, isso vai virar uma bagunça.
Então qualquer imbecil vai escrever errado e dizer: Licença poética.
O "trocadilho" do título e em questão é este:
E como podem perceber a sigla ASA nas tags, significa As Super Agentes.
Percebendo esse detalhe, o trecho está certo. Mas a sacanagem que eu fiz entra aí: Quem não sabe?
Vai me acusar de escrever errado, mas terá um pobre e triste engano.
É como eu digo: Um escritor brinca com as palavras. 
E a prova disso? Está aí em cima!

Meu estudo sobre Animes

domingo, 11 de março de 2012

Nem todos sabem disso, mas eu sou espírita. (E não tenho vergonha disso.)
E como todos sabem, sou otaku também.
Como todo bom otaku ou boa otaku, que é meu caso. Temos que colocar anime no meio de tudo o que a gente puder. Só somos felizes assim.
E eu tenho uma grande capacidade, acho eu pelo menos, de perceber muitas coisas. Descobrindo temas em cima de histórias e tal. 
Acho-me uma pessoa observadora!
Assistindo meus animes tranquilamente e percebo que existem partes ou até mesmo que tem um tema envolvido com algum ensinamento da minha religião.
Não pude evitar de não relacionar.
E tive esse ideia de tema para estudo há bastante tempo já.
Numa primeira vez, sugeri isto, mas o grupo não era o suficiente para se sentir atraído por este tema.
Digo, nem todos eram otakus!
Depois que assisti Ano Hana, essa ideia voltou a martelar na minha cabeça. E neste meio tempo, o grupo teve uma mudança e a maioria é otaku agora.
Então, criei um post sobre o assunto e postei no grupo do facebook. Colocar-lo-ei  abaixo:
(Obs: Usei termos explicativos, pois NEM todos são otakus.)

Animes com temas espíritas

Como vocês sabem, alguns dos nossos jovens são Otakus. Eu estou inclusa nisso.
Resumindo Otaku é aquele que curte os animes, os desenhos Japoneses e os mangás, quadrinhos Japoneses.
(Desculpem, mas eu sinto que devo dar uma explicação).

Existem Animes dos mais diversos e assisti a dois que tem temas que podemos "encaixar" no Espiritismo.

São dois: Ano Hana(Na verdade o nome deste é imenso, nem eu sei todo) e Angel Beats.

O primeiro é sobre um grupo de amigos que na infância perderam uma garota deste grupo. Parece que ela morreu afogada ao cair no rio.(Spoiler)
E alguns anos depois, eles já adolescentes e não mais amigos como antes. O espírito da menina aparece, faz eles se aproximaram outra vez para realizar o sonho dela e ela "parte pra reencanar".
(Claro que tem mais coisa por trás, mas eu estou resumindo).

O segundo é sobre um lugar que eles vão quando morrem, seria o Umbral ou Purgatório. É como um colégio, eles tem aulas e provas. E eles lutam contra outros como eles(eles não sabem que são espíritos), só que esses são pretos. Vão lembrando de seus passados.
E quando se "libertam", desaparecem. Este também tem o tema de reencarnação, seria este desaparecimento.

Se ficaram interessados em assistir, basta procurar!
Eu sei que muitos aqui não são ligados nisso e tal.
Mas eu estou querendo mostrar um conteúdo legal pra vocês. Não só o tema espírita, mas até a história dos animes, que ensina muito.
Desculpe o incômodo.
Arigatou!


Depois deste post, que teve uma boa repercusão, meu estudo foi marcado.
E ele aconteceu na última sexta, dia 9 de março.
E meu trabalho de arrumar os slides e os vídeos para poder mostrar e eles perceberem a temática por trás e tal. Me diverti muito fazendo isso, sério!
O pessoal gostou bastante do estudo!
E como muitos faltaram, talvez tenha um "take 2".
Deixando os vídeos que eu fiz abaixo pra vocês!  (E eles são chiques, em HD.)

OBS: Deletei os vídeos por causa dos direitos autorais.

Futari H

segunda-feira, 5 de março de 2012


Otaku não é feliz se não falar de Anime/Mangá!
Bem, esta história é a minha maior coleção de mangá. (Como se ela fosse grande.)
E adivinhem? Sim, é hentai.
Resumindo, Hentai é pornográfico. (Com nudez e tudo que tem direito.)
Eu gosto muito dele, é engraçado e não fica só com as besteiras e tal.
Um casal, Yura e Makoto, que casaram por casamento arranjado e ainda eram virgens. Mostra todas as experiências deles.
Sem contar com o núcleo secundário, que tem a tarada da irmã da Yura: Rika. Aquela adora!
Eu falando de coisas hentais e besteiras, SEMPRE dá nisso! Não reparem!
Enfim, risadas garantidas!
E as instruções que o própria mangá dá. Ele é o "Manual do amor".
Eu gosto bastante desse lado educativo dele. Podiam até fazer uma versão não-otaku dele, ia dar certo. Tem muita coisa que se pode usar de verdade alí. (Como se eu entendesse disso!)
(Eu avisei que não dá certo. Estou me empolgando.)
Mas não recomendo o anime/ova. (Não tenho certeza se é Ova mesmo.)
Ele perde essa parte educativa e fica só no sexo mesmo.
Recomendo Futari H por sua história e sua "ajudinha" na hora H.
E o nome lê-se: Futari Echii!


O problema que as pessoas tem em acertar meu nome.

Meu nome é Anelise!
Muito diferente, eu sei! Não um daqueles nomes que a gente vê em cada esquina.
E eu gosto muito do meu nome, sério!
E digamos que foi eu mesma quem escolheu. Minha mãe sonhou com isso.
Mas, o post não é sobre esse ponto do meu nome, como ele surgiu e tal.
O assunto é: Como as pessoas entendem meu nome errado!
Isso chegou a minha mente hoje porque eu fui tomar uma vacina contra HPV.
E a mulher ao ouvir meu nome, perguntou:
-É com dois "enes"?
Pra mim, foi inusitado. E levando em conta também que eu estava em um lugar mais chique.
No fim, dei minha identidade a ela.
Mas é que sempre perguntam: "É Ana Elisa?" "É Ana Elise?"
Outro fato, do mesmo jeito que falam e entendem errado, eles escrevem errado.
Deve ser porque pobre é surdo!
Ou o meu nome é mega diferente. 
Afinal, podem existir muitas "Anelises" por aí. Mas como somos pessoas diferentes, com um nome diferente... Nós somos diferentes!

29 de fevereiro

quinta-feira, 1 de março de 2012

Eu sei que esse dia foi ontem e podia ter falado ontem. Blá blá!
Um dia excepcional que acontece a cada 4 anos. 
Na verdade, o 29 de fevereiro é para uma correção no tempo. No caso, na translação da Terra que dura 365 dias e 6 horas. Essas 6 horas em 4 anos completam 24horas e surge mais um dia.
Aqui também a gente tem conhecimento!
Mas outra coisa relevante é: Por que diabos fevereiro tem só 28 dias e ás vezes 29?
O 29, já lhes expliquei.
Eu escutei por aí que tiraram dois dias do mês de Fevereiro, colocaram um Julho e outro em Agosto, em homenagem aos reis Júlio e Augusto, se não me engano da época de Jesus.
Inclusive esses meses são já homenagens a eles, digamos que queriam mais.
Aqui também a gente tem conhecimento! [2]
E acabei de ver no Wikipédia que bissexto vem de 366. Esses "66" no final.
Como o 29 de fevereiro já passou, agora só em 2016!